sexta-feira, 22 de julho de 2011

Cenas do dia à dia _ gente mal educada!

Aqui perto de casa temos dois parquinhos super proximos e um terceiro mais afastado.....cada um com sua particulariedade, o mais frequentado é sem duvida o da "prefeitura", ele fica ao lado da prefeitura da cidade, tem um carrossel e é frequentado pela maioria dos amigos do Mathieu.
O segundo mais frequentado é o do "Bois Saint Denis", ele tem um bosque, gramadao, mini vinicula, terreno de "petanque" e o ponto positivo é ser afastado das ruas, é mais seguro para crianças fujonas, tipo Alex.
O terceiro é mais afastado, ele tem estrutura pequena pra brincar, vive vazio mas é otimo pra andar de bike e patinete.
Ate pouco tempo nos iamos sempre no da prefeitura, nessa primavera foi ponto de encontro diario de Mathieu, Ciça e amiguinhos, eu curto porque ja conheço os pais, ja fiz amizades, é extensao de casa praticamente......a dificuldade é que Alex quer ficar rodando pelo estacionamento da prefeitura e com isso, eu fico super dividida entre as crianças e ele......uma vez eu fui ajudar Ciça a fazer xixi atras da moita e quando vi, Alex tinha sumido, ja estava com a cabeça rodando esperando um crash ou o barulho da ambulancia quando acordei, virei a cabeça e o vi entrar na cabine do senhor do carrossel!
Depois desse susto, me lembrei do Saint Denis e voltei a frequenta-lo!
Ja de primeira, notei um grupo de mulheres imponentes......tipo "o pedaço é nosso", mas achei que poderia ser implicancia ou mà impressao.
Cunhada chegou e diariamente temos ido la para as crianças brincarem, ja que com o sol forte o parque da prefeitura que é super exposto fica desconfortavel na metade da tarde.
Outro dia sobrinha estava à se divertir descendo do escorrego "de cabeça".....com as maosinhas na frente do corpo esticada quando o filho de uma mulher desse grupo que estava andando de patinete, rente ao brinquedo dos pequenos, por duas vezes passou por cima da mao dela, minha cunhada estava lendo e nao percebeu de primeira, mas ao ouvir o choro insistente da filha, foi ver o que era e se depara com a mae do menino dizendo pra ela "Ta vendo, se voce usasse o escorrego como se deve, isso nao teria acontecido!"......cunhada obviamente ficou puta mas deixou quieto!
Ou seja, se pasasse por cima do pé, nao teria problema né.....afinal é ormal ficar andando de patinete numa area feita pra crianças pequenas.
Numa segunda vez, parque cheio, sol lindo, nos duas estavamos batendo papo, Alex dormindo no carrinho, as crianças brincando.........tudo tranquilo quando a filha de uma dessas mulheres, uma menina do meu tamanho, apesar dos seus 12/13 anos, quase duas vezes mais pesada que eu, estava se divertindo brincando de pique pega com os amiguinhos ali, no lugar onde os pequenos geralmente se divertem.....lembrando que o parque é imenso e o que nao falta é lugar fora desse pedaço infantil pra correr, Mathieu mesmo so brinca do lado de fora com os amigos, breve....a menina correndo deu um encontrao em outra jogando-a longe.
Eu ouço um choro forte, vejo a menina sem jeito se afastando se aproximando da mae, a mae da menininha indo abraça-la....e eis que ela diz a mae da mais velha que a filha dela deveria correr do lado de fora, ja que ali nao é lugar, mostrou a placa indicando que o parque era pra crianças ate 10 anos e perguntou a idade da menina grande.....eis que a mae da menina se levanta no melhor estilo barraqueira e começa a gritar dizendo que com a filha dela ninguem se mete, que nao interessava a idade dela, ela iria brincar onde quisesse e que se a outra nao estivesse contente, que partisse "pra porrada".
O que fazer?

- Mandar ela tomar no olho do "biiiiiiiip", dizendo pra ela pegar a filha igualmente mal educada e cair fora dali pra porrada nao rolar à solta?

-Dizer pra ela se acalmar porque apesar de tudo, estavam numa area cheia de crianças e esse tipo de atitude e vocabulario nao é o melhor exemplo pras crias?

-Ignorar, ja que a mulher é uma "vacona" (segundo minha cunhada) e além de nao mudar, é realmente capaz de sair no braço ali na frente das crianças por tao pouco?

A mae da menininha parece ter ficado com a ultima opçao, acho que escolheria a mesma.......depois desse mini confronto, fiquei de olho pros meus nao se misturarem porque em caso de problema, nao iria sair em vantagem contra um grupo de quatro mulheres enormes que falam alto e se acham as donas do pedaço!
Triste ver como as pessoas nao tem noçao do quanto prejudicam os filhos com esse tipo de atitude, se a menina maior tivesse pedido desculpas e mostrado arrependimento ou embaraço em ter machucado uma criança de 4 anos, a mae da pequena certamente nao teria ido falar com a mae dela.......que alias, se fosse educada e fizesse questao de passar valores pra filha, nao teria respondido dessa forma agressiva ameaçando agredir a outra.


Eu sempre disse que parquinhos é um otimo laboratorio humano, ali voce convive com gente de todas as idades , observa varios modelos de educaçao ou ate a falta de.......eu adoro, sou super observadora e nao perco a oportunidade de aprender, de confirmar minhas teorias doidas, é o terreno ideal pra quem curte "sociedade".

Ultimamente é notorio o quanto as pessoas estao egoistas e o quanto sao mal educadas!
Outro dia desses, cunhada partiu pro parquinho da prefeitura com sobrinha, Ciça e Mathieu.
Alex e eu ficamos em casa inicialmente para eu dar uma organizada e esperar ele acordar da siesta.
Uma vez acordado, tomamos um banho gostoso e partimos pro parque.......ele deu algumas voltas no brinquedo, duas descidas no escorrego, uma voltinha e pà, pego ele no colo pra dar uns beijos, ele se aborrece e pede pra descer, queria brincar, obvio!
Ao descer, sinto um troço umido nos braços, um cheiro horrivel.....olho pra cima rapidamente achando que era um pombo cagando em cima de mim, bom......com aquele cheiro, so se o pombo fosse mutante!
Olho rapidamente pro meu corpo e nao vejo nada, continuo sentindo o cheiro e em questoes de segundos, olho novamente e me vejo TODA cagada! Minha blusa branca, calça jeans, o braço direito.....TODA cheia de merda, quanto mais eu tentava limpar, mais aparecia, mais se alastrava! Pesadelo total!
Cunhada ao me ver corre pra buscar Alex e percebe que nao vem da fralda dele MAS que ele tambem estava sujo, nas maos, na camiseta, no sapato.....ate que ela rapidamente olha em torno e entende o drama!
Uma criança deve ter tido vontade de fazer coco, um pai ou mae FDP leva no gramado no MEIO da passagem onde as crianças brincam, deixa o filho ou filha fazer coco, limpa a bunda do cagao com dois lenços umidecidos e cai fora largando ali a merda gigante e os lenços cagados.
Porra, desculpa o palavrao mas que tipo de gente deixa o filho/filha cagar num local publico onde esse mesmo poderia/deveria brincar? Caralho, desculpe novamente, mas na porta da droga do parque temos um troço verde lotado de saquinhos plasticos pra coco de cachorro.....custava esse ser porco pegar o coco com o plastico? Ou cobrir? ou jogar uns lenços umidecidos????
Entao, tive que ir correndo pra casa tomar banho, lavar as roupas e sapatos cagados.....fiquei numa psicose monstro cheirando TUDO, do carrinho aos brinquedos, passando pela bolsa ate chegar ao tapete da sala.......tomei banho, passei lavanda Johnson's mas o cheiro de merda ficou na cabeça, no insconciente......uma sensaçao de merda literalmente!
Depois de lavados, voltamos ao parque e chamei cunhada pra tomar providencias, pena que antes de cobrir a merda, tivemos outra vitima.......mais uma criança cagada, mais uma mae puta dentro da roupa!
Agora a cada vez que vou por la, rola vistoria no gramadinho........olha, juro que se um dia vejo uma cena dessas, alguem cagando em local publico, principalmente onde meus filhos brincam, vou dar um piti gigante! Ate pra ser mal educado tem limites!
Agora as crianças ja sabem.....tem gramado? cuidado com a merda alheia!

Por fim, to sumida sim, é ferias, niver dos caçulas, cunhada e sobrinha por aqui, PC travando e sabotando........entao pra quem curte acompanhar meus tumultos, segue pelo facebook...... é so adicionar Juliana Beaup! Bjos

6 comentários:

O mundo de Luna disse...

Juliana ando passando pelo mesmo problema que vc, e fico horrorizada e as vezes penso que ando virando meio antifrancesa! é cada uma que vejo! aqui quem comanda sao as crianças e os pais sao uns boboes! porque enquanto estou sabendo me defender, mas a vontade é fazer um esporte de alto defesa e descer a porrada mesmo! povo mal educado, por isso que os filhos ficam iguais!!ainda bem que nao trabalho e aqui na alsace a maioria das mulheres (que eu chamo coinssés mal aimées de strasbourg trabalham) e as vezes elas tem a quarta feira com os filhos, o dia que eu evito levar a Luna pra o parque! mas deus me perdoe, mas fico com pena da minha filha que vai ter que crescer com esse bando de gente retraido e mal amado e mal educado!

Aninha, a mamãe do viajante disse...

Juliana eu fiquei de cara com esse seu relato. Sinceramente partiria pra cima da mae da atropeladora sem lencinho e sem documentinho (sério mesmo, só no diminutivo).

Eu odeio estes parques coletivos por aqui, e falo só da Austria. Roubaram brinquedos do meu menino, ele levou uma gravata no domingo e foi levado ao chao em coisa de 5 segundos, eu na hora fiquei louca do cú mas me controlei e nem identifiquei a mae do pequeno que fazia o mesmo com todas as outras criancas do parque.
Talvez ela estivesse mais ocupada do que todas nós ali, só sei que preciso ficar mais calma, serenae passar a frequentar os indoor pois nestes nenhum galinho de briga se cria. É um fora na hora!

Talvez eu seja uma super protetora, mas parto do principio: se meu filho nao bate, por favor nao machuque ele. E se ele fizesseisso, eu iria levá-lo para casa na hora!

Nine disse...

Oi Juliana! Essas cenas de parquinho são uma coisa!

Eu me lembro do dia em que estava com a Ísis em um, que tinha banheiro, veja bem, e o pai do moleque disse para ele fazer xixi ali mesmo.

Tive que me controlar para não brigar com o cara! Como assim o filho deje ia mijar onde os filhos dos outros todos brincam??? E o banheiro? Não sei de onde tiram que porque é menino tem que mijar em todo e qualquer canto, não precisa ir ao banheiro.

Queria ver se fosse uma menina acocorada ali no meio da areia mijando se ia ser bonito...

Beijos,
Nine

Anônimo disse...

Ju eu ri demais deste post, entre a levadinha de moita e designacoes dadas pela tua cunha as maes vaconas fizeram do final da noite uma leitura c'a qual me identifiquei muito! Parc é mesmo o ceu e o inferno, ao lado da escola da ju, muro mesmo tem um dos mais frequentados daqui, ja viu né, rdv td terca imposto pelas crias e no resto da semana eu ja puxo p outro lado. Mas caramba, alem da extensao da vida escolar dos filhos, rola um fofocao, a mulherada fica de papo eqt o filho esta desaparafusando cabeça de outra criança. Fora aquelas q saem de casa de pochete e querem proclmar a lei da fraternidade:

Anônimo disse...

Brinquedos dos outros, biscoito idem, lingette idem ficava p# sempre sai carregada de casa cm mucama ! Hj sou a mais feroz e egoista das maes, canaei de ver trotinette q eu paguei sendo jogada longe, agora è, se n'beinca n'empresta e pior sempre o mesmo bando de deitoba!eu sou maior fiscal do parc qd vejo marmanjo de 1t em brinquedo de crianca èclamo antes do estrago, vou muito na hr de fechar, outra q me mqtq é na proximidade dos bancos a qtd de guimba, logo onde os pequenos lancham :o( Pat

Milena Fischborn disse...

No inicio, quando costumava levar crianças no parque, o que mais me indignavam eram as babás que iam para o parque com várias crianças (seus filhos e os dos outros), e elas ficavam bem longe em um grupinho conversando entre elas e as crianças faziam o que queriam! Uma vez um menino, que deveria ter uns 4 anos, pegou a bicicleta da menina de 3 que eu estava cuidando e não queria devolver. Fui falar com a babá e ela me disse que quando ele cansasse de usar devolveria! Mas tinhamos que ir embora e eu não iria ficar esperando! Converseri, tentei negociar e nada. Aí deixei um pouco de lado, assim que ele desceu 1 segundo da bicicleta, peguei e fui embora, e o menino ficou ali chorando; Confesso que nem olhei para trás e nem fiquei com pena!!!