quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Responsabilidade civil........

Semana passada as crias ganharam bike nova, a do Mathieu estava tao pequena que o pé ja estava quase arrastando no solo e Ciça ate hoje nao tinha uma magrela pra chamar de sua.
Inicialmente, pensamos em passar a dele antiga pra ela, talvez pintar, colocar acessorios femininos......mas uma vez na loja, ela vendo Mathieu ganhar uma nova e ela apenas com um capacete nas maos, ficou enciumada e quis uma tambem, eu ja estava preparando o nao, sei que crise mesmo ela nao ia dar, so ficar chateada mas Chris na hora disse "Va escolher entao a sua bike!", ele ja tinha previsto a situaçao e repassar a bike do Mathieu foi so uma tentativa de economia.
Ambos escolheram e viemos pra casa, alias, eu......eles partiram diretamente pro parque!
Ciça que tinha testado a bike na loja, no parque achou ela grande demais.....realmente ela é limite, compramos maior pra ela poder usar mais, entao no fim, ela que gosta de roubar a atençao do Chris cismou que iria cair e nao conseguia pedalar.....como ele cai no jogo dela, voltaram e o resultado foi a bike quase inacta!
No dia seguinte, ela resolveu continuar com a velha do Mathieu, ok......e assim foi a semana toda!
Semana passada, descobrimos no Tremblay um percurso de cross pra bike, Mathieu ficou doido!
Alias, olha ele ai:




Ontem, depois de muita vontade de compartilhar a pista com ele, Chris decidiu comprar uma bike pra gente,foi na mesma loja e adiquiriu uma simples! Fizemos a magica de por tudo no carro e rumo ao Tremblay!
Eu decidi ficar um pouco afastada, num local onde Ciça pudesse andar com a dela, ja que a pista ainda nao é pra idade dela.......Alex dormindo no carrinho, ate que eu percebo meus meninos indo mas nao vejo voltarem......passa uns minutos, eu achando que eles tinham decidico andar por outro canto mas bom, nao os vi sair da pista......eis que resolvo ir dar uma olhada e vejo Mathieu emburrado voltando com a bike na mao e Chris conversando com um homem, Mathieu avança no alto da pista e Chris barra.....e é ai que entendo o drama!
Contra as regras fixadas , a filha do outro homem que deve ter uns dez anos, estava andando no senso inverso da pista e numa velocidade bacana, ja que ela é maior e mostrou ter intimidade com a pista, e foi assim que ela e Mathieu bateram de frente num dos obstaculos, ela e a bike meio que cairam por cima dele empenando a bike dele e deixando um belo roxeao na canela!
Chris que estava ao lado, alem de socorrer os dois foi conversar com o pai da menina, explicando que ela estava fora da regra e que a bike dele tinha apenas uma semana, que se ela estivesse no senso correto, nao rolaria um choque daqueles, e que nos nao ficariamos no prejuizo......Chris me chamou pedindo meu celular, tiramos uma foro da carteira de motorista do cara onde consta do endereço à placa de matriculaçao do carro e ficamos combinados dele ir na mesma rede de loja e comprar uma igual, assim dariamos a empenada pra ele e caso ele quisesse consertar, teria outra bike pros filhos.
Inicialmente o cara aceitou numa boa, mas queria nos dar um cheque, Chris preferiu a bike em maos e assim passamos tres horas no parque esperando, ate que decidimos ligar.
A ligaçao foi meio estranha, ele disse que tinha ligado pro seguro que afirmou que como responsabilidade civil, ele teria que realmente pagar outra bike pra gente, Chris deu ate hoje de manha como prazo....afinal, ontem ja tinhamos combinado e o cara nos deixou à ver navios!
Estavamos meio descrentes achando que teriamos que ir na policia e fazer uma passada no hospital com Mathieu pra registrarmos o roxo na perna quando o cara ligou marcando no KFC da vila, que ele estava com a bike em maos, pediu em contra partida um documento assinado pelo Chris dizendo que ele cumpriu o dever civil dele de nos reembolssar a bike!
Por fim, tiramos varias liçoes.......a primeira é que ate Mathieu na semana passada, assim como muitos outros, depois da pista vazia brincou de faze-la no senso inverso, o que nao tinhamos pensado é que em caso de choque e acidente, nos seriamos obviamente responsabilizados, ja que rolam regras pro uso da pista e elas estao bem explicitas.
A segunda liçao é que nem todo mundo é sacana......Chris hoje agradeceu e o cara disse que espera que se um dia acontecer com os filhos dele, a pessoa tenha a mesma postura que ele teve, em assumir, é verdade que nos poderiamos tombar com um grosso mal educado da vida que nos deixasse com o prejuizo amenizando a situaçao como "coisas de criança"......nem todo mundo é responsavel!
A terceira liçao e mais importante é o uso de equipamentos de segurança.....o tombo do Mathieu poderia ser maior se ele tivesse caido da altura da rampa pro meio do gramado e em todos os casos, o uso do capacete e da calça ajudaram bastante a ele nao se machucar feio!
Eu sempre vi com exagero o uso de capacetes ao fazer bike por aqui mas numa pista de cross eu ja via uma necessidade maior, e ta ai a confirmaçao.......semana passada ele foi de short, pra segurança maior, ontem pus calça e foi a nossa sorte!
Enfim, ser mae é isso ai, cada saida de casa, uma emoçao, um acontecimento hahahahahhaha......de noveleira, passei a protagonista de novela do tipo "Amour, gloire et beaute", nao tem fim!






sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Conciencia X realidade......o confronto!

Depois de um tempo de ferias e enferrujada, volto eu.
Daqui a uma semana e meia as crianças retornam às aulas, em algumas semanas teremos novamente a transiçao de clima, do verao inexistente desse ano ao outono chuvoso e frio, que pra mim ja é inverno!
E dai? E dai que isso significa novo armario para as crianças, hora de separar algumas peças que servirao pro ano que vem, decidir um "fim" para as outras que nao servem mais e principalmente comprar.
Como aqui nao tem uniforme, cada um precisa dispor de umas quatro a cinco calças(dentre elas de esporte) camisetas manga cumprida, casacos, sao dois tenis pro Mathieu (contando com o de esporte)......a lista é infinita, ainda mais quando a gente curte um acessorio ou outro.

Ultimamente estorou a polemica da ZARA no Brasil, onde rolou a confirmaçao de mao de obra praticamente escrava, isso pra mim nao é novidade.......desde sempre aqui rolam reportagens sobre as "fast fashion" e marcas que instalam a sua produçao em paìses onde a fiscalizaçao é baixa e o preço da mao de obra tambem, ja tinha decidido nao usar mais LEVIS depois de ver os rapazes invalidos com menos de trinta anos por trabalharem nas lavagens de jeans sem proteçao e condiçao adequada na Turquia, mas ai voce pensa em outra calça de qualidade......a GAP por exemplo, sera que a maneira de produçao nao é similar???? Ok, ambas as marcas o preço é elevado pra um jeans, ai hoje, eu no estatuto de "famille nombreuse", ou seja, familia numerosa, pro dia à dia caço preços mais "amigos", vou justamente na ZARA......pra cair na mesma questao, o meio de produçao daquela peça!

Nao da, eu sei que involuntariamente to contribuindo pra isso ai, mas fazer o que? Ha dois anos eu achei na net uma marca sueca se nao me engano de roupas com tecidos organicos onde aparentemente toda essa questao é respeitada e varias outras, e ate acredito, ja que os nordicos tem uma organizaçao e mentalidade bem bacana MAS qualquer peça ou acessorio ridiculo ja custa 50 pilas sem o envio, claro, fora o estilinho diferente alternativo que vamos combinar, so fica bem em que esta magro e tem 1.80m!

Sendo 5 pessoas à vestir, infelizmente eu prezo pelo preço sim, uma das minhas preferidas para as crianças por exemplo é a H&M, sao roupinhas legais, nao se desfazem nas lavagens mil e o preço é super amigo mas vai olhar as etiquetas......Made in Vietnan, Made in Turkey, Made in China, Made in Camboja......e acham mesmo que uma peça que custa menos de dez euros no mercado foi fabricada de maneira correta onde a mao de obra foi bem paga e as condiçoes de trabalho respeitadas????

Enfim, se alguem tiver soluçao pro meu mais novo problema existencial, que nao seja costurar voce mesma, ja que eu to nessa ha um tempo mas mal faço capa de travesseiro, me avisem! Lembrando que eu gostaria de continuar me ventindo legalzinha, como todo mundo!