sexta-feira, 16 de março de 2012

Textos ridiculos -parte I

Maternidade é um tema extenso né,ja começa com gestaçao, parto, fora temas agregados que acabam aparecendo como questoes de aborto, contracepçao.....com isso, é enorme a quantidade de textos bacanas, ou nao, que chovem por ai!
Tah, nao vou ser a nova "shame" da parada e nem vou ficar gongando blogs/posts alheios, mas essa semana me deparei com varios textos no orkut e afins que da pra rir, chorar, questionar, refletir.....uma beleza!
Um deles é esse aqui, que vou postar e comentar sobre maes americanas X maes italianas.
Nao consegui achar a autoria da proeza, se lguem tiver, mande a dica!
Entao, o texto é bem cliché, compara as duas culturas de modo bem raso, mostra que algumas pessoas dao um super valor à ascensao da mulher!
Lembrando que nao tenho absolutamente NADA contra a cultura italiana, e alias, acho que nem foi bem retratada....assim como a americana tambem nao foi!
"COISAS DE ITALIANOS...
Aprendemos a viver com os italianos e a programar a vida com os americanos. Contudo, os italianos crescem e morrem juntos com suas famílias, amigos e irmãos, enquanto os americanos crescem e morrem
sozinhos, pois foram expulsos de suas famílias aos 18 anos e não aprenderam a conviver com o coração com seus pais, amigos e irmãos.
Para tudo!!!! Como assim morrem sozinhos?Alias, no mundo inteiro tem pessoas morrendo sozinhas, mas ai é problema de carater, nao cultura!

Vejam abaixo o que acontece no decorrer da vida.

Filhos Americanos: Saem de casa até aos 18 anos com total apoio dos pais.
Filhos Italianos: Saem de casa aos 35 anos, depois de poupar o suficiente para comprar casa e pagar duas semanas de lua de mel quando casarem... Mesmo assim, mantém um quarto na casa dos pais para os fins-de-semana.
Sim, porque entao batalhar pelo que é seu, experimentar dificuldades no inicio da vida pra dar valor ao que tem é ruim? Legal é um cara de 35 anos sendo bancado e cuidado pra poder comprar carrao?

Filhos Americanos: Quando a mãe os visita leva um bolo, os filhos servem café e eles conversam.
Filhos Italianos: Quando a mamma os visita, leva comida para 3 dias, lava e passa roupa, limpa e arruma a casa.
Olha ai a "mamma" empregada......bom né, negocio é eu ficar lavando e passando roupa de filho e limpando a casa, ja que minha funçao é apenas essa, CUIDAR, SERVIR! Trabalhar fora e nao ter tempo pra isso, nem pensar.......alias, ensinar meus filhos (e filhas) a se virarem sozinhos? pra que né!

Filhos Americanos: Os pais sempre avisam quando vão visitá-los e isto acontece só em ocasiões especiais.
Filhos Italianos: Eles nunca sabem quando os pais vão aparecer às oito da manhã de sábado e começar a podar as suas árvores frutíferas. E, se não houver árvores frutíferas, eles plantam.
Nao é à toa que nao so na cultura ilatiana mas em outras, como na nossa brasileira, sogra = cobra.....a minha nao é americana mas é francesa, liga sim pra avisar com dias de antecedencia que esta vindo, nunca me pegou descabelada, de pijama ou abusando do filho dela, tambem nunca se meteu na minha vida, por que sera? Eu detestaria alguem entrando no meu jardim e escolhendo o que plantar ou fazer no meu lugar!

Filhos Americanos: Sempre pagam aluguel e procuram nas páginas amarelas quando precisam de algum serviço.
Filhos Italianos: Ligam para os pais e tios, pedindo o telefone de outros pais/tios que possam saber do serviço que eles precisam.
Nada à marretar, afinal nao entendi o lance de "sempre pagam aluguel" e apesar de adorar uma autonomia e achar um porre a mania de uns e outros em se apoiar e se acomodar, nao vejo mal em pedir indicaçao nao!

Filhos Americanos: Visitam os pais para comer um bolo com café -e fazem só isso, mais nada.
Filhos Italianos: Visitam os pais para tomar um café, comer bolo, antipasto, vinho, um bom prato de massa, carne, salada, pão,
sobremesa, frutas, expresso e uns drinks após o jantar.
Entao filhos americanos nao jantam com seus pais? Ok, a cultura da "entrada, prato principal, queijo, sobremesa e café" tambem é forte por aqui e acho que nao faz parte do cenario americano, mas so por isso o tempo que eles passam juntos é menor?

Filhos Americanos: Cumprimentam os pais com "Oi" e "Olá".
Filhos Italianos: Cumprimentam os pais com um grande abraço, beijos e tapinhas nas costas.
Ai ai ai.....mas um esteriotipo que doi, entao americanos nao se beijam?

Filhos Americanos: Tratam os pais por sr. e srª.
Filhos Italianos: Tratam os pais por mamma e babbo..
Devo ter visto filmes, lido livros e conhecido apenas exceçoes porque eu achava que Mom, Dad e afins existisse.....ou os americanos (e outros) deveriam tambem chamar seus pais de mamma e babbo porque é mais carinhoso? hahahahahhaha

Filhos Americanos: Nunca viram os pais chorar.
Filhos Italianos: Choram junto com os pais.
OMG, morri.......eu ja vi o David Goldman chorar, ou nao chorou? alias, ta ai, o cara passou mais de 7 anos lutando na justiça pra ter o filho de volta, fariam os italianos o mesmo sabendo que nao teriam uma "mamma" pra por a mao na massa? E sera que o Sean nunca viu os inumeros videos do pai suplicando pela volta dele?

Filhos Americanos: Devolvem o que pedem emprestado aos pais em poucos dias.
Filhos Italianos: Ficam com as coisas que emprestam dos pais por tanto tempo que os pais esquecem que são deles.
Porque bom mesmo, é ficar com o que é dos outros.....ai depois a pessoa pega habito, transfere pra amigos, colegas......aquela infinidade de livros que emprestamos e que nao vemos nunca mais.....otimo exemplo!

Filhos Americanos: Quando o jantar acaba vão para casa.
Filhos Italianos: Quando o jantar acaba ficam horas conversando, rindo ou simplesmente confraternizando.
O autor do texto tem problema com comida e jantares, nao é possivel.....terceira ou quarta vez que ele fala sobre isso, parece que a base da relaçao é o rango, eu hein!So faltou o "mulher italiana é otima esposa porque cozinha bem e americana é péssima porque compra tudo congelado!"

Filhos Americanos: Sabem pouco sobre os pais.
Filhos Italianos: Podem escrever um livro sobre os pais.
Han? NEXT

Filhos Americanos: Comem sanduíches de manteiga de amendoim, geléia e pão de forma branco.
Filhos Italianos: Comem sanduíche de salame, queijo colonial, pão caseiro, crostoli, conservas...
Nada demais......brasileiros curtem pao com presunto ou mortadela, blablabla....

Filhos Americanos: Deixam você para trás se é isto que a maioria está fazendo.
Filhos Italianos: Não lhe abandonam mesmo que a grande maioria ache normal abandonar.
Ahh sim, a eterna chantagem emocional onde o filho tem mais é vontade de viver mas vive acorrentado aos pais, ja que foram os mesmos que o colocou no mundo e blablabla......eu quero mais é que meus filhos vivam suas vidas ué, nao fiz filho pra ter babysitter garantido na terceira idade nao!

Filhos Americanos: São amigos do momento.
Filhos Italianos: São amigos por toda vida.
Obvio que nao tirou de lugar nenhum né.....tipo, frase que o autor acha bonitinho e de efeito!

Filhos Americanos: Gostam de Rod Stewart e Steve Tyrell.
Filhos Italianos: Gostam de Laura Pausini e Andrea Bocelli
Posso juntar o Stewart que AMO com a Pausini?

Filhos Americanos: Vão ignorar esta mensagem.
Filhos Italianos: Vão repassar per tutti gli amici oriundi.

Bom, se voce é americano, morra......voce é frio, calculista, passa a sua vida inteira querendo distancia dos seus pais, é ingrato....ou talvez nao, porque as maes americanas nao sao amorosas né, ai é so uma questao de resposta!Come mal, nao sabe beijar, nao tem amigos, paga aluguel......tua vida é uma merda hein!

Agora se voce é italiano, ou melhor, de cultura latina, ahhhhh parabens......voce nao sera nenhum pouco mimado, incapaz de lavar uma cueca, nao é nem um tiquinho machista, da um valor absoluto à familia ainda que vivam caindo na porrada e se agredindo verbalmente e ira carregar seus pais nas costas ateeeeee, afinal, gratidao é tudo né!

Eu so queria entender porque pra vermos pontos positivos em nos mesmos ou em nossa cultura, precisamos marretar os outros......o texto poderia ser lindinho e cheio de açucar se quem escreveu fizesse o favor de nao comparar nada, se apenas lembrasse coisas bacanas da cultura italiana, mas à partir do ponto em que a pessoa precisa marretar alguem pra subir, tem algo errado ai!
Aqui eu ja escutei zilhoes de vezes de algumas brasileiras que sim, elas sao mais carinhosas que as francesas, sao melhores, sao mais bonitas, sao mais sexy, coziham melhor, cuidam melhor do marido (que dizer?)......mereciamos um premio porque melhor do que as brasileiras, nao existe!
A liçao que quero pro trio é de que nao precisamos desvalorizar nada e nem ninguem pra termos valor ou se auto afirmar......cada um com seu cada um, o mundo é feito de escolhas e se eu acho a linha melhor, que eu deixe quem escolheu diferente em paz....questao de respeito né!

Nenhum comentário: