sexta-feira, 20 de abril de 2012

Segurança pra falar sobre insegurança ? é confiança!

Ultimamente a criançada aqui agarrou no DVD do musical "Magicien D'OZ",eles ganharam o DVD ja tem um ou dois anos mas eram novinhos, na época nao viram nem 10minutos, nao tinham maturidade pra entender e obviamente nao se interessaram.
Como enjoaram o Charlie et la chocolaterie com Johnny Deep, acharam logo outro pra rodar sem parar no aparelho.
O horario que eles mais curtem é quando voltam da escola cansados, e o tipo de DVD que tem colado aqui sao musicais (quem tiver ideias, agradeço!).
O do Charlie e a chocolateria pegou por esse motivo, pelas musicas e pelo visto, o Magicien D'Oz tambem.
Esse é uma peça de teatro musical, o cenario é fofo e as musicas tambem, mas e o que isso tem a ver com insegurança e confiança? Explico!
Mathieu ontem enquanto eu e Chris acompanhavamos ele durante o banho, veio dizer que ele estava com um pouquinho de medo, que ele adora o DVD mas no inicio tem uma cena onde aparece no palco a sombra das pernas da bruxa, e que por mais que ele tente tirar isso da cabeça, ele nao consegue.
Nao é a primeira vez que ele fala sobre isso, ou sobre um receio dele.....Chris ficou la conversando com ele enquanto fui colocar Alex na cama e na volta, estavamos conversando sobre medo e ele me disse que gosta que eu durma com ele nesse momento, que ele dorme tranquilo sabendo que estou por perto, prometi dormir com ele enquanto ele tiver necessidade e ele foi pra cama, sozinho!
Como todo dia à noite, rola um papo na cozinha, Chris fuma seu cigarro tranquilo e eu bebo um café ou me entupo de chocolate e ontem ele comentou um fato bacana, Mathieu se sente seguro pra falar sobre seus medos e seus problemas conosco, ou seja, confia na gente!
Ele lembrou que na época dele, ja bem mais velho, ele tbm tinha medo mas nao ousava falar pros pais, que isso era visto como palhaçada de criança, como infantilidade o qual voce nao precisa dar atençao porque "passa".....lembrou de quantas vezes ele foi dormir com medo e sem ter com quem conversar ou se abrir.
Ja eu, conseguia dizer pra mamae que tinha medo e ate era atendida, tanto que por muitos anos ja depois de velha, nao dormia sozinha, mas tambem nao conseguia falar abertamente de qual era meu medo, e isso Mathieu fala sem problemas.
Por que? Acho que pelo fato dele nunca ter sido ignorado, de ter tido atençao e apoio a cada vez em que pediu ajuda e veio nos contar um medo ou um problema.
Outro fato que acho legal é ele continuar assistindo o DVD, ele adora as musicas, canta varias, sabe as falas de cabeça e se diverte com Ciça interpretando os personagens masculinos enquanto ela interpreta Dotty, mas nao desiste......ele tem medo? Tem.....fica com as pernas da bruxa na cabeça? Ate fica, mas ele encara de frente!
Depois de muito papo na cozinha, Chris e eu fomos dormir felizes, pela segurança e confiança que Mathieu demonstra ter e por ver resultado no nosso trabalho em parceria!
Entao é isso, minimizar os medos infantis à bobagens pode minar a relaçao de confiança e ao inves de dissipar o medo, alimenta-lo. Importante a criança se sentir entendida, ver que tem espaço pra conversa! As pessoas vivem falando na importancia do dialogo dentro da educaçao mas geralmente pecam em dois pontos, em pensar que esse dialogo é monologo, onde o pai fala e a criança escuta respondendo amém à tudo, e as vezes em começar a dialogar de verdade quando eles ja estao pre adoles (e com problemas acumulados) porque criança nao tem voz, nao tem opiniao, nao tem coisa interessante pra dizer! Nao custa lembrar que a relaçao de confiança começa ainda na primeira infancia, enquanto sao bebes e SEMPRE atendidos e que isso se estende.....aqui em casa eles tem acesso livre e sempre terao, coraçao aberto!
A musica preferida deles e a minha tambem!

Tédio nas férias....

Estamos de férias, 15 dias de descanso em casa e o tempo resolveu conspirar contra! Ha tres semanas atras, estava passeando pelas ruas de camiseta, tah, com 18° ja estou de camiseta sendo que com 24° no Rio o povo esta de moleton, mas o caso é que o frio voltou com tudo, trouxe chuva, muita chuva de brinde e estamos experimentando tédio total!

O Combate diario é nao ligar jogos eletronicos, maior sacanagem da paròquia nao poder se acabar no parque diariamente, ainda mais com Chris estando aqui pra nos levar no Tremblay (paraiso na Terra!). Como nao tem jeito, negocio foi arrumar o que fazer pra distrair a criançada.

Alias, deixa eu deslizar uma justificativa aqui, o blog ta parado pq com esse tempo CU, nao saindo pra bater perna, pouca coisa acontece e é verdade que o frio congelou de vez minha criatividade, to precisando de SOL gente....ta duro, viu!

Justificativa dois, nao to fazendo jabà nao, mas como eu, talvez tenha varias outras maes loucas dentro de casa caçando o que fazer pra nao enlouquecer com a falta de parque diariamente, entao passo as dicas com marca das paradas e etc pra facilitar.

Voltando à dura realidade, com o tempo péssimo, o jeito é improvisar atividades. Mathieu agora ja acorda perguntando qual é a atividade do dia e ai de mim se disser um "Nao sei!".

Essa semana ja fizemos carrinhos e animais de papelao, nao, nao tem foto pq Alex destruiu tudo antes de eu fotografar.
Ontem foi dia de decorar "mug" com pintura e brincar de fazer colares......todo esse material eu tenho encontrado na HEMA, uma loja que vende de um tudo à preço super baixo no shopping Rosny2.

Começando pela pintura nos mugs, adorei.....camisetinha de ficar em casa do *Iguaçuano65 anos que mamae trouxe pra mim ha dois anos, potinhos de tinta devidamente abertos, copo de plastico com um pouco d'agua e asas à criatividade.
De inicio tive dois receios, da tinta ser pouca e de cagar com absolutamente tudo sem direito à limpeza, ja que na propria caixa mandava forrar a mesa, mas me enganei, a tinta foi suficiente pra nos quatro (Mathieu, Ciça, Chris e eu)pintarmos e ainda sobrou, a tinta tambem tirei facil da mesa com produto de limpeza banal e das maos, esperei secar e esfreguei com um pano.
Pra secar é bem simples, 25 minutos no forno ligado, mais 35 com ele desligado e um dia de descanso ate secar totalmente. Hoje ja tomaram café da manha usando as xicaras!

Como uma atividade é pouco, achei na HEMA algo que aqui faz muito sucesso, é uma bobagem que vende em varias lojas mas o de la alem do preço interessante, vem numa caixa com divisorias e os cordoes rem ponta dura como cadarço, ou seja, facilita o manuseio para a criançada.
A atividade consiste em criar colares ou pulseiras com miçangas e enfeites de madeira, da pra fazer diversas vezes, ate Alex curtiu!
Enfim, algumas fotos da tarde de ontem!









Sem palavras, eu ja sabia que ele ia arrebentar mas nao tinha ideia do quanto......perfeito!



Mathieu começou com cores da bandeira francesa, escreveu o nome, desenhou um monte de troço e o fim foi esse ai, fofo!




Eu queria fazer desenho so de pintinhas, como fazia na educaçao artistica da quinta série escolar, mas como talento e paciencia pra isso nao é meu forte, sairam essas "flores"......da pro gasto!


O da Ciça acabou tudo junto e misturado, ela de inicio fez uma borboleta linda mas foi pintando um desenho por cima do outro, querendo fazer tudo num espaço so e acabou dessa forma, como baixinha tem mania de perfeiçao, de inicio ficou achando feio....eu achei lindo!

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Brinquedinho que vale cada centavo!

Ano passado, Ciça ganhou de aniversario um brinquedo que se chama "Playmais - World", sao flocos de "isopor" feito de milho que voce cola numa estrutura de papelao e monta o seu cenario.
Como estavamos em periodo de ferias onde rola tempo bom, nao demos muita atençao. O brinquedo ficou no porta malas do carro e as ferias seguiu seu curso.
Inicio do ano escolar o carro quebra, passa seis meses na frente da casa do meu sogro antes de consertarmos e dentro dele, o brinquedo ja esquecido.
Domingo passado, recuperamos o carro e com ele, muitas coisas perdidas la dentro, de um saco de batata chips que Mathieu comeu sem avisar (estava aberto, ecaaaaaaaaaaaaa!!!!!) ao brinquedo, que rapidamente chamou atençao de Mathieu e de Ciça!!

Quando olhei a caixa, pensei logo "Ohh vida, vai sobrar pra mim!" e com isso, consegui segurar a meninada ate hoje de manha, quando eles nao aguentando mais, arrumaram e limparam a mesa me convocando pra brincar!

So tenho uma coisa à dizer, PERFEITO! Nele diz que a idade minima é 5 anos, mas Ciça com 4 aproveitou bastante.
Precisa da ajuda de um adulto sim, eu que montei as estruturas enquanto eles destacavam do papel e depois colamos os "isopores" juntos.
A coisa é muito simples, vem um paninho pequeno o qual voce molha e torce deixando umido, e ali voce vai encostando os isopores de milho e colando na estrutura da casinha.
Nao faz sujeira, nao é toxico, facil de manusear e o resultado fica bem fofo.....nos nao terminamos nao, montamos todas as estruturas mas tem como fazer bonequinhos e animais, o tema do nosso é fazendinha, mas pelo que vi na caixa, tem varios outros.
Enfim, super recomendo.......passei um otimo momento com as crianças e eles adoraram.
Vamos de fotos?!!!!








Pelas fotos parece que fizemos pouca coisa, mas ate destacar as estruturas de papelao, montar, cortar o isopor em dois no formato indicado e colar, da umas duas horas mole de atividade........da pra fazer por partes, nos fizemos uma pausa e continuaremos os animais e personagens depois.
O manual de instruçoes é bem completo e ao mesmo tempo resumido, é por imagens e bem facil de assimilar, a quantidade de isopor e a variedade de cores tambem nao deixa a desejar, enfim, recomendo muito!