quarta-feira, 4 de julho de 2012

Virou bagunça?????? E eu que me achava radical............

Ultimamente o assunto sobre PD (parto domiciliar) ganhou bastante destaque, foram duas semanas ocupando pauta no Fantastico, diversas materias, a Marcha que foi lindissima, o nome do Jorge Khun em varias publicaçoes, uma delicia né?!!!! Pois é, deveria ser mas com isso veio outra onda de divergencias, alias, isso ja rola no intimo de algumas faz tempo mas com o assunto no pico, o que EU chamo de alucinaçao coletiva ganhou força e me fez arregalar olhos por horas na frente da tela!

Ja rolava a piadinha interna de que parto normal nao é mais o suficiente, a mulher precisa desejar tambem um domiciliar e futuramente, um desassistido......é rapaz, a menas parideira pelo visto existe! Essa semana mesmo vi debocharem da Kardashian porque vejam so, depois de um PN no hospital cheio de intervençoes mas que pareceu agrada-la, ela foi atras de informaçoes sobre PD e desistiu, viu que nao é pra ela e que o modelo "peridural, posiçao frango assado e empurra, empurra" é o que ela curte!
Bom, EU pessoalmente nao quis mais isso pra mim ja no segundo parto, mas e dai? Ja nao basta ter PN? NAOOOOOOOOO

Ai como se nao bastasse, no meio da galera humanizada ta rolando outro porém, levando em conta que todo mundo tem que querer um domiciliar, cabe às profissionais da area, vulgo parteiras, democratizar isso ai! Pois é.......nao basta a nega lutar contra o sistema pra se formar e ganhar respeito na area, TEM que partejar de graça ou cobrar de acordo com a condiçao da cliente.
Tem filhos? faturas pra pagar? foda-se ué.......quem mandou querer o campo da humanizaçao!
Afinal, na época de vovo era assim......um parto contra um porco, um parto contra ovos por um ano,e assim deveria continuar sendo!
Alias, isso ja ocorre, so que sim, tem profissionais que preferem ganhar em moeda e tem outros os quais sao lucidos o suficiente pra nao colocar uma plaquinha na porta no estilo "Me pague o quanto achar que deve!". Preciso explicar o por que? Socorro né......

E eu achando que a luta era pela escolha, que deveriamos primeiro estabelecer um PN respeituoso e acessivel à todas mas nao, a moda agora é domiciliar pra todas, sem levar em questao se essa é a vontade da maioria, nunca vi começar pelo fim!

Ai no meio diso tudo, ainda tem uma questao surreal, parteira urbana versus parteira tradicional! È meu amigo, porque o povo consegue ver rixa em tudo né.....tem que criar um conflito, ainda que a situaçao seja mais claro do que agua!
Eu espero ter entendido muito errado, mas a ideia que muita gente tem passado é que fazer um cursinho intensivo no orkut e passar uns meses no meio do mato acompanhando Parteira fulana é o suficiente, que a escolha fica nas maos da mulher que aceitar a parir com a preguiçosa, que podendo se formar  e DEPOIS se aprofundar na sabedoria de quem manja, prefere o caminho mais curto e mais "facil" nao levando em conta os riscos que isso implica.
Eu DUVIDO que  parteiras tradicionais apoiem isso, a experiencia delas é fruto de uma vivencia, de circunstancias da vida, duvido que elas tbm se negariam à estudar caso tivessem oportunidade la no inicio, aliar o que elas tem de melhor com o que a medicina oferece deveria ser o top, né?! Surreal......agora nao basta ser parteira, TEM que ser tradicional e sem estudo pois experiencia (tipo, de quanto tempo?) basta!
Depois nao entendem porque a humanizaçao é alvo de chacota e vista como bagunça, mas pudera né......eu fico com o coraçao na mao porque sao anos de trabalho, sao anos de batalha, grupos de mulheres que abriram mao de muita coisa e enfrentaram muitas outras pra isso ser possivel hoje sendo alvo tbm de criticas porque o que elas propoe nao é suficiente, porque um pequeno grupo ta fazendo questao de MANCHAR o resto.

Pra finalizar, agora ainda tem a pressao RIDICULA de que por causa do preço da galera, a mulherada esta querendo se jogar no desassistido, e que alias, nao tem problema nenhum nisso.......bom, nao vou nem me aprofundar nisso levando em conta que quem me lê atravessou a quarta série e pode refletir além!

E tem mais, nao quero debater e nem discutir nada, nao entendi errado nao, a questao é essa ai.........tambem nao vou mudar uma letra do que escrevi, nao vou fazer mea culpa, nao vou dizer que entendi errado porque sao semanas de leitura acumulada e nao é possivel que meu portugues esteja tao falho! Ao inves de vir aqui dizer que nao é bem assim, PROVE.......e pros outros, eu nao preciso de nada, ja pari meus tres, ja gastei muito dedo e cabeça nisso, ajudo quando posso, aprendo com quem tem pra oferecer, nem faço parte da humanizaçao em si, so compartilhava as ideias de uma maioria que admiro!
Outro ponto, escrevi isso aqui pra deixar claro pra quem me enche o cu apontando radicalismo que esta vendo, tem pior......muito pior do que eu e que nessa praia ai, eu nao nado e nem levo caldo! Nao concordo com nada disso apesar de achar que a mulher deve ter escolha sempre, e ai inclui ser assistida por uma ignorante (nao falo de parteira vedadeiramente tradicional!), de parir sozinha, de parir usando drogas........mas deixo claro que nao concordo, nao indico e ainda lembro que isso tudo implica RISCOS, esperando que as mesmas saibam carregar todo o peso de sua escolha!