domingo, 27 de janeiro de 2013

Muito além do peso - documentario!

   Esses dias estava à lembrar como era a minha alimentaçao na infancia.....tive sorte, MUITA sorte!
 Sim, a comida em casa ou na casa da Vò Neusa era super equilibrada. Arroz, feijao, carne, salada e muitos legumes , frutas de sobremesa.
 Meu avô nao dispensava as laranjas, tenho ate hoje ele em memoria na ponta da mesa cortando as mesmas!
  Agora nas horas vagas ou na escola.........perdiçao! Alias, deixo claro que nao é uma critica direta à ninguem, na minha época nao tinhamos informaçoes e a preocupaçao com a alimentaçao ainda era pouca, a obesidade ainda nao era alarmante!
Na cantina meu lanche preferido era pizza ou cheeseburguer, sempre acompanhado de um copo de refri. As vezes comprava chocolate, fandangos......teve periodos de levar de casa tambem, frutas, suco,sanduiches, biscoitos, ate leite achocolatado tentei levar na garrafinha termica, mas nao era pratico! O Toddynho ganhou terreno!
 Agora imagina ai, voce toma um bom cafe da manha às seis da manha e nove e meia voce ja esta novamente lanchando.....nao é um pedacinho de fruta, um suco, um pedaço de pao, é um lanche pra la de calorico!
Meio dia e meio estavamos novamente à mesa pra almoçar,depois vinha  o lanche e janta.
Enfim, os cuidados eram poucos......acreditavam no poder da farinha lactea, do biotonico, de qualquer coisa que viesse com " nao sei quantas vitaminas, FERRO e minerais"! Criança saudavel? tinha que ser robusta.......magreza era sinal de pobreza ou doença.
 Quantas e quantas vezes ouvi que eu estava pele e osso.....e como comi na adolescencia pra poder ser o que me diziam ser bonito e saudavel!

Entao, nessa mesma semana onde estava me lembrando da minha época de  merenda, lançaram o documentario "Muito além do peso".
 Chocante.....nao tem outra palavra! Sao tantos detalhes, é um video muito bem feito, explicativo e real, aquilo ali nao é mais exceçao, nao é mais materia isolada no Fantastico, é a NOSSA realidade!

Eles ja começam com imagens na praia.......o impacto é enorme. Muitas crianças, pessoas no geral com sobrepeso. Dali pra frente, é um soco atras do outro.

Sao cenas tristes, criança que vê batata achando que é cebola, crianças com diabetes, pressao alta e trombose, populaçoes ribeirinhas com um terreno fantastico, em meio à natureza nao tendo UMA fruta pra consumir......gente, é MUITO triste!

Falta TUDO, falta programa nas escolas, falta insentivo governamental!  Por que nao temos investimento em hortas coletivas nesses lugares? Por que nao temos o assunto em pauta nas escolas?
Mostraram um bebe de seis meses se nao me engano ja com sobrepeso e alergico.......sabe o que ele toma? Seis mamadeiras , tres com farinaceo e tres de leite ninho.....o peito? é so no fim do dia!

Alias, ja pensou em levar o assunto à sua escola? Por que nao propor à direçao uma exibiçao paras as turmas à partir de 8/9 anos de idade? Ok, sei que muitas escolas nao vao mudar o esquema da cantina, nao vai deixar de vender a metade das porcarias que vende, mas as crianças precisam saber o que estao consumindo!

E em casa, como voce faz? No inicio aparece um menininho de 4 anos obeso, a mae mostra ele fazendo birra, diz que se ela nao da a porcaria que ele quer, ele fica assim! Bom, vamos por partes.....quem ofereceu a porcaria? Quem COMPRA? Se ele nao vê, pode ate pedir......mas nao tem!

E sera que voce cede à todas as birras? Se quiser brincar com facas, fogo ou experimentar um cigarro, vai deixar tambem? Entao por que essa resistencia em dizer nao quando o assunto é comida ?
 Alias, de mà qualidade!!
Olha nao to aqui pregando isso tudo porque sou perfeita, NAO SOU. Cosumo sim MUITA coisa que nao deveria. Mas sou conciente de cada caloria consumida, cortei muita coisa e aos poucos to cortando cada vez mais. Informaçao é a chave de tudo. Eu dei e dou algumas coisas que nao deveria pras crianças MAS nao é oba oba nao.

Aqui em casa evito comprar biscoito. Nao adianta, EU nao sou disciplinada, nao consigo comer dois e fechar o pacote. Mathieu é como eu, guloso.....se tem, ele come! Entao pra que comprar? Ok, de vez em quando tem.....mas nao, nao é sempre! Muitas das vezes nem lanche dou, adianto a janta!
Outras porcarias como sobremesas industriais, a mesma coisa. Vez ou outra tem, mas todos os dias? nem pensar.
Refrigerante nao bebo.....Chris era viciado em coca cola, ja nao é mais. As vezes temos Canada Dry, Orangina, mas é meio dedo quando libero. Ja em festas ou na casa dos outros, como sao eventos raros, eles podem se esbaldar.
Eu adoro salsicha, eles tambem......travei! Se consumo 5 vezes ao ano, é muito! Antigamente consumiamos mais, ate que Ciça teve uns dois episodios de vomitar.....vamos combinar? é indigesto né!
Aqui um consumo problema sao as batatinhas chips.....inverno  nao aparecem, mas no verao em qualquer barbecue elas estao la, nos aperitivos, fica complicado barrar! Confesso que Julho e Agosto consumimos "bastante", mas no resto do ano? Nao compro nao.

Sucos eu tambem quase nao consumo.....é algo que nao dei pras crianças quando bebes (prefiro a fruta por varias questoes!) e nao temos habito. As vezes compramos, é mais Chris quem consome.

Enfim, nao temos alimentaçao perfeita, mas estou sempre me informando, cortando algo ali, acola....e temos planos, muitos planos pra quando tivermos mais espaço! Alimentaçao é saude, nao tem jeito! Nao quero filhos com problemas de peso, eu depois das gestaçoes estou aqui, com 10kg a perder e com a minha natureza gulosa é uma dificuldade so!

Sei que no Brasil a galera tem muito habito de comer fora, é self service, pensao....gente, CUIDADO! Geralmente sao lugares onde tem muito oleo, sodio (sal/ajinomoto e etc...) e o resultado é colesterol, pressao alta, retençao de liquido e varios outros!

As vezes tenho a impressao de que as pessoas nao reconhecem mais o prazer em cozinhar um bom prato, em ter um cultivo nem que seja de salsinha . Tudo é visto como trabalho.....é trabalhoso, é chato, pois é! E isso se estende, é carro pra ir na padaria, é elevador pra subir no primeiro andar.
Nao pode, nao da! Alias, acho que em breve isso vai começar a mudar por conta de outras questoes. Estava vendo num debate na TV aqui,  sobre planejamento futuro de Paris e um dos caras diziam que hoje as cidades estao saturadas e que futuramente carro vai "acabar", a boa cidade HOJE, com qualidade de vida, dinamica e moderna é a que justamente oferece quantidade e qualidade no transporte publico pra sua populaçao, nao transito fluido pra cada habitante transitar com seu carro.

Vou postar aqui algumas fotos do documentario e o link do mesmo no youtube......enfim, nao deixem de mostrar à seus filhos! Assistam juntos, levem o assunto às escolas. Promova debate e mudança.
Ahhh, essa geraçao vivera DEZ anos menos que a nossa.....esta bom pra voce? Pois é....e a culpa é de quem?

    
















Nessa foto abaixo, a moça segura uma latinha de coca e o correspondente em açucar à sete latas, ou seja, o que voce consome quando bebe uma latinha por dia durante uma semana!


Nessa outra, o correspondente em açucar à uma latinha por dia durante um mês.....voce consome mais de um kilo de açucar, apenas na coca cola, tirando o resto da alimentaçao!




terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Sans aucun doute.....vizinhos é coisa do capeta!

    


Quando cheguei aqui na França, adorava um programa da TF1 que se chamava "Sans aucun doute", a traduçao livre é "Sem nenhuma duvida".
Programa consistia num apresentador bacana e sua trupe de advogados resolvendo problemas pro publico, alguns de serviços pagos nao prestados, imoveis comprados mas com prejuizo e um tema que me atraia muito, guerra entre vizinhos!

Ate entao, nunca tinha parado pra pensar que esse tipo de coisa existia, ficava assustada e impressionada com a proporçao que a coisa tomava na vida das pessoas......nao entendia!
Teve caso de carro quebrado, jardim estragado e ate de cocô passado na parede da casa do vizinho, tudo por conta de desavenças.

Nunca imaginei que um dia iria passar por situaçao semelhante, pra mim é tao tranquilo voce nao pisar na bola e nao dar corda......ate que ainda em Champigny, tivemos problemas com um vizinho louco que ouvia barulho ate quando nao estavamos. Ali a coisa foi breve, ele se mudou e nos tambem saimos logo depois vindo pra Villiers.

Nos moramos no primeiro andar. Quando cheguei, achei que era tranquilo........so tinha Mathieu, conseguia controlar bem, saiamos muito justamente por ter apenas ele e sempre pensei no sossego dos vizinhos.

Naquela época, os mesmos vizinhos de baixo quase todo fim de semana e as vezes aleatoriamente pela semana, ligavam uma musica techno super alta, mas o desagradavel era o baixo da musica que fazia tremer o ape. NUNCA reclamei! Por que? Porque se na casa dele o vizinho nao poderia fazer musica, iria fazer aonde? Nao iria? Pois é.....to errada, sou uma anta e hoje morro de odio por conta disso, deveria ter reclamado e dado um foda-se pro "pisicologico" (à la Morena_ Salve Jorge!) do vizinho!

Tempo foi passando, veio Ciça.....noites de choro, o techno e eu nada!
Veio Alexandre e a politica a mesma.......quinhentas vezes por dia, eu, Juliana a louca gritando "Olha o pééééééééé!!!" _____  " Gente, os vizinhos!!!!". 

E o inverno que ja é uma merda, começou a ficar pior ainda. O que fazer com tres crianças dentro de um apartamento por 5 meses no minimo????

Durante o verao é parque diariamente......mas no inverno as opçoes sao limitadas e ficamos muito em casa.

Ha um ano e meio, a vizinha teve o primeiro bebe dela.....eu tonta, ate ajuda ofereci.

Depois de uns meses, veio a primeira reclamaçao.....as crianças estavam brincando de "gatinho" engatinhando no chao e realmente faz barulho. Eu na hora me desculpei, disse pra ela subir quando sentisse o barulho forte e tals porque eu mesma nem sempre estava vigilante.
Mas à partir dai, comecei a ficar neurotica. NADA pode, dançar, correr......em momento nenhum, dia nenhum.
Tres crianças brincando faz algum tipo de barulho, nao adianta né.......é, que nao brinquem!
Neurose instalada, eu sempre me desculpando quando tinha visitas, sempre perguntando sobre o barulho e o tempo passando!

Ai, no meio disso tudo, rolou um fato interessante. Nos alugamos o ape por um cabinet, mas na época conhecemos o filho da dona....ele fazia parte da gestao. Hoje é so o escritorio. Ha uns dois anos, a irma desse cara, entao herdeira tambem do imovel, se mudou pra ca.

Ela mora no corredor do vizinho e eles tiveram problemas. Eles a acusaram de bater porta de entrada, de esquentar carro na janela deles e outras coisas. A mulher nao deixou barato, num dia onde ele tinha ligado a musica alta, ela chamou a policia.  Ele ficou MUITO puto, eram 13 horas e ele nem entendeu porque a policia veio, mas decidiu reunir antigos moradores pedindo que escrevessem uma carta dizendo que o barulho dele , ou seja, a MUSICA, nao incomodava!

CLARO que os otarios aqui concordaram, claaaaaaro que Chris fez a carta dizendo que cada um com seu barulho.....que eramos tolerantes! Né? Somos mesmo? Quem? ODIO nivel maximo!


O tempo passou mais um pouco, Alex cada vez mais dificil, mudanças, e ele  numa mania terrivel de bater pé......ok, pra ele é super estressante porque ele ja é uma criança diferente e passa o dia inteiro escutando que NADA pode. Conclusao? O muleke bate o pé o tempo todo, quer bater boneco no movel boa parte do dia......mais eu falo, mais ele faz.

Começou o mega problema. Vizinha um dia bateu as onze da manha (é sempre nesse horario!) reclamando que as crianças estavam correndo! Eu estava tentando descansar pq Alex acorda cedo, e quando digo cedo, é CINCO da manha! Entao eu acompanho a ferinha pra sala, fico de olho pra ele  nao fazer barulho ate umas dez horas e depois volto pra cama porque tambem sou gente!

E a coisa foi ficando pior.....eu falando o dia inteiro neles, as crianças cansadas, minha voz sumindo no fim do dia, Chris nervoso pq estava dividido entre as crianças e o sossego dos vizinhos, um INFERNO!

Eu demorei pra perceber que o que eu estava fazendo nao existe, eu estou impedindo meus filhos de viverem, de brincarem.....pago mil contos de aluguel pra que eles passem os dias SENTADOS em algum canto, pra falar mil vezes nos vizinhos caso eles comecem a brincar de se pegar entre eles.
Rezo pra Alexandre entrar nos horarios de sono, nao por mim.......mas pelo estresse dos vizinhos. Enfim, eu vivo de acordo com os vizinhos!

E as reclamaçoes continuaram.......porque o que eles querem, é IMPOSSIVEL!
Outro dia fui filmar meus filhos dançando (estavamos de ferias, liberei UMA musica!) à tarde e no video a primeira coisa que escutamos é Chris se lembrando dos vizinhos........porra, isso é vida?

Dia 31 de dez, eu na cama, as crianças brincando, cochilei e acordei com a campainha quase meio dia.......era a vizinha reclamando de barulho! PORRA, ferias, feriado, MEIO DIA e ela reclamando das crianças estarem correndo! DUAS semanas de chuva, ia enfia-los aonde?

Foi a gota d'agua. Comecei a ficar com raiva porque TODO o esforço que faço, é em vao......eu passo o dia tentando evitar, cortando o natural das crianças pra ouvir reclamaçao ainda assim!


Dias depois, é o marido dela que sobe.......foi dizer pro Mathieu correr quando for pro parque.
Sabado passado, convidei dois amiguinhos do Mathieu pra virem brincar entre 14 heures e 18heures.
Estava enrolando biscoito quando a mulher tocou novamente......nao aguentei!
Dessa vez ela me escutou, disse que estamos tentando nos mudar, que o que ela quer é impossivel, que estou doente (passei tres semanas tossindo a noite toda, um troço estranhissimo!) sem voz, que Alexandre esta cada vez mais nervoso, que as crianças so falam em se mudar, em nao ter vizinhos......breve, que a situaçao esta insustentavel, é inverno e sim, Alex faz barulho e eu tomo banho, cozinho, tenho o que fazer, nao posso passar o dia com ele no colo, e ele nem iria querer!

A bunita so ficava dizendo "éééé, eu entendo.......é, entendo....." PORRA, se entende, entao pra que sobe?

Enfim, nao subiram mais, e eu decidi tambem que agora durante o dia eles farao sim barulho e FODA-SE!  To querendo cair fora daqui MAS enquanto nao sair, vai ser assim.
Eles se aproveitam do fato de sermos tranquilos, porque eles nao tem motivo algum pra reclamar......da mesma forma que moro num primeiro andar com tres crianças e preciso controlar, ELES moram noRDC e precisam aceitar o barulho dos outros. Quer sossego? Va pro mato!
E sao espertinhos......nao podem reclamar com o cabinet porque tiveram problemas com a proprietaria, nao podem acionar policia porque estou no meu direito entao ficam nessa pressao.

Enfim, esse é meu inferno diario.....espero que dure pouco e vizinhos? NUNCA MAIS!
Agora o dia em que cascar daqui, vai ser uma semana de samba na cabeça deles pra deixarem de ser besta!
Outra liçao é que eu e Chris precisamos deixar de sermos idiotas.......a gente tolera de um tudo pela boa convivencia e ta ai, como dizia minha avò, quem muito abaixa, o cu aparece!

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

E la se vao os brincos!!

 Em Agosto mostrei aqui no post "que venham os brincos!!!"  Ciça indo furar a orelha.

 Na época ela pedia bastante, dei de presente de aniverssario! Ela nao chorou, filmei, foi tudo lindo até que ela perdeu um dos brincos durante a nossa viagem de férias.

Expliquei que nao tinha problema, que uma vez em casa poderia leva-la novamente no shopping pra furar novamente.
O tempo foi passando, o pedido ficando esquecido.....se tem um lugar onde vou pouco e levo menos ainda meus filhos, é shopping, e nisso o tempo foi passando e ela ha seis meses apenas com um brinco!

Semana passada estava na cozinha enrolando crinkles quando Ciça veio reclamar, queria tirar o brinco, estava incomodando. Como bebela estava de mau humor, dei uma desculpa porque além de ocupada, achei que ia passar!

Antes de ontem eis que ela pediu novamente.......tentei tirar mas nao sabia desenroscar o troço, disse que papai era mais jeitoso pra isso.

Hoje depois do banho ela se lembrou, aproveitou que Chris esta em casa e bah voila.....foi-se os brincos! Ela nao quer mais, incomoda, nao quer!
Quis saber se o furo ia fechar......expliquei que sim. Nao disse se mais tarde ira furar novamente e nao importa.

Fiquei orgulhosa, bebela tem apenas 5 anos e meio mas ja sabe o que quer e nao leva em conta opinioes exteriores ou exemplo de amiguinhas, que a essa altura, quase todas ja portam seus brinquinhos!

Entao é isso, pequeno flashback............